10 de novembro 2017

Informação

O primeiro dia do fim do 'exame Harrison'

 

Foi hoje assinado o protocolo para a introdução do novo modelo de Prova Nacional de Avaliação e Seriação ao Internato Médico. É o primeiro dia do fim do Exame Harrison que estava em vigor há quase 40 anos.

O protocolo entre a Administração Central do Sistema de Saúde, I. P., (ACSS), a Ordem dos Médicos e as Escolas Médicas Portuguesas visa estabelecer as condições para a preparação e realização da Prova Nacional de Acesso à Formação Médica Especializada (PNA) no âmbito do Internato Médico, incluindo a criação do Gabinete da Prova Nacional de Acesso à Formação Médica Especializada (GPNA) e a formação dos membros técnicos do GPNA e dos membros do júri. 

Na cerimónia de assinatura do protocolo, na Ordem dos Médicos (Porto), estiveram presentes o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, o secretário de Estado da Saúde, Fernando Araújo, a coordenadora do Conselho das Escolas Médicas Portuguesas, Maria Amélia Duarte Ferreira, o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, o presidente do Conselho Regional do Centro da Ordem Médicos, Carlos Cortes, o presidente do Conselho Regional do Norte da Ordem dos Médicos, António Araújo, a presidente do Conselho Diretivo da Administração Central do Sistema de Saúde, Marta Temido, o professor catedrático de Medicina António Sarmento (que presidiu à Comissão Nacional para a criação do novo modelo de Prova Nacional de Avaliação), e, também, a presidente da Associação Nacional de Estudantes de Medicina, Rita Ramalho.