20 de abril 2018

Informação

"O Estado da Saúde no Concelho de Leiria" em debate

"O Estado da Saúde no Concelho de Leiria" foi o tema do debate promovido pelo Partido Social Democrata e a Juventude Social Democrata de Leiria, na noite de 20 de abril. A convite destas estruturas sociais-democratas, o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes, e o presidente do Conselho Fiscal da Secção Regional do Centro da Ordem dos Enfermeiros, João Morais, efetuaram uma análise detalhada sobre as condições de acesso dos cuidados de saúde, em particular, no concelho leiriense. A falta de recursos humanos foi, aliás, um dos enfoques das intervenções e do debate.

Carlos Cortes colocou o acento tónico no desafio que se aproxima. "Oficialmente, existem 148 médicos no Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) Pinhal Litoral e metade irá para a reforma até 2030", lembrando aliás que o número de utentes do distrito sem médico de família é um dos mais altos da zona Centro. Questionou, em jeito de repto á tutela: "O ACes Pinhal Litoral precisa de 27 médicos e o Estado abriu apenas seis vagas?".

Outro dos aspetos apontados foi a área de abrangência do Centro Hospitalar de Leiria, muito longe já 200 mil habitantes que servia no momento em que foi gizada a sua concretização.

O debate, que decorreu numa unidade hoteleira, foi moderado por Álvaro Madureira, presidente da Comissão Política Concelhia do PSD de Leiria.