15 de setembro 2018

Informação

Rega da oliveira - Dia do Serviço Nacional de Saúde

Aproxima-se uma das datas mais importantes a assinalar no nosso País: o Dia do Serviço Nacional de Saúde e o ato simbólico da rega da oliveira que cresce desde 2009 no Parque Verde do Mondego, em Coimbra.

Esta árvore, símbolo de Paz, foi ali plantada por sugestão de um dos mentores do SNS, António Arnaut.

Ao celebrar mais esta efeméride, esta é também uma forma de recordar o Homem, um dos principais protagonistas da criação do SNS e que o defendeu de forma acérrima, quer na sua atividade cívica, política e até literária. António Arnaut confessou, até, que o SNS foi o seu melhor poema.

No próximo dia 15 de setembro, sábado, iremos destacar o incomensurável legado de António Arnaut, o seu exemplo e inspiração. O evento, que tem início marcado para as 17h00 na sede da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, culminará no Parque Verde do Mondego com o ritual da rega da oliveira. 

 

 

# Histórico

Em Setembro de 2009 as duas Ligas de Amigos dos Hospitais então existentes, LAHUC- Liga dos Amigos dos Hospitais da Universidade de Coimbra e LAHC-Liga dos Amigos do Hospital dos Covões, com o apoio do Doutor António Arnaut, plantaram uma oliveira (árvore bem portuguesa e resistente, e símbolo da Paz) no Parque Verde do Mondego (junto ao Pavilhão Centro de Portugal) para simbolicamente serem assinalados os 30 anos do Serviço Nacional de Saúde.
Todos os anos, de então para cá, num gesto simbólico, a 15 de Setembro, sempre com a presença do Doutor António Arnaut e várias entidades, a LAHUC tem organizado a rega da Oliveira. Tal como já foi referido, a partir das comemorações dos 35 anos do SNS (2014), a LAHUC teve o privilégio de contar com o apoio e a parceria da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos.

#Dia do SNS

A celebração deste dia (instituído pelo despacho (extracto) n.º 20365/2009, de 9 de Setembro) pretende instituir a prática regular de, ano após ano, efetuar um balanço público dos progressos e das realizações conseguidas, reequacionar as dificuldades e perspetivar os caminhos a prosseguir. A decisão decorreu de uma proposta de António Arnaut, responsável político pela abertura dos postos de Previdência Social a todos os cidadãos, independentemente da sua capacidade contributiva.

A Lei n.º 56/79, de 15 de Setembro, criou o SNS no ordenamento jurídico português, consagrando os princípios da liberdade de escolha, universalidade e tendencial gratuitidade do acesso aos cuidados de saúde, bem como o direito à saúde para todos os cidadãos." vide 'Portal da Saúde'. É neste âmbito, e na sua missão de ideal de servir, que a Liga de Amigos dos Hospitais da Universidade de Coimbra juntamente com os elementos da então existente Liga dos Amigos do Hospital dos Covões tem assinalado todos os anos este Dia.
A LAHUC teve também um papel importante na criação deste dia ao enviar para a Ministra da Saúde, em 2009, Ana Jorge, e para todos os grupos parlamentares com assento na Assembleia da República, a proposta para a instituição do dia 15 de Setembro como o dia do SNS.

A criação deste dia teve como base a sugestão dada pelo Dr. António Arnaut numa conferência de imprensa realizada pela LAHUC, na sua sede, para a apresentação do programa comemorativo dos 30 anos do Serviço Nacional de Saúde.