05 de outubro 2018

Informação

Duarte Nuno Vieira recebe distinção na Sérvia

O diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), Duarte Nuno Vieira, foi distinguido com o título de Professor Visitante da Faculdade de Medicina da Universidade de Belgrado (Sérvia), numa cerimónia que decorreu após ter proferido uma conferência sobre o papel das autópsias no ensino e formação de profissionais de saúde.

Na visita à capital da Sérvia, o professor catedrático da FMUC, Duarte Nuno Vieira, proferiu uma outra conferência, no Instituto de Medicina Legal de Belgrado, sobre o futuro desta disciplina e das ciências forenses (à qual assistiram profissionais destas atividades de toda a Sérvia, bem como das vizinhas Macedónia, Eslovénia e Croácia).

A convite do Centro de Direitos Humanos de Belgrado, o diretor da FMUC participou ainda com Djordje Alempijevic, membro do Comité Europeu para a Prevenção da Tortura, na apresentação de um relatório sobre migração e violência. Recorde-se que o tema assume especial relevância na Sérvia, país que tem enfrentado  uma realidade complexa relacionada com a crise migratória dos últimos anos - é, aliás, uma das principias rotas de acesso à Europa Central. Frequentemente há denúncias de violência sobre os refugiados e migrantes.

O Professor Duarte Nuno Vieira tem mantido uma colaboração regular com os países dos Balcãs, ora em missões periciais na região após os conflitos bélicos da década de 1990, ora, mais recentemente, em ações de formação e de reestruturação de serviços médico-legais e prisionais, assim como em missões de avaliação de serviços prisionais, no contexto de atividades de organismos como a Organização das Nações Unidas, a Comissão Europeia e o Conselho Europeu de Medicina Legal.

 Recentemente o livro "Monitoring Detention, Custody, Torture and Ill-treatment: A Practical Approach to Prevention and Documentation" da autoria do diretor da FMUC, Duarte Nuno Vieira, em colaboração com Jason Payne-James (do Reino Unido) e Jonathan Benyon (da Suíça), foi distinguido pela Associação Médica Britânica (British Medical Association) na cerimónia anual (2018 Medical Book Awards Cerimony) que esta organização promove para premiar os melhores livros médicos publicados em língua inglesa.